Aconteceu no MIBE

 

Pequena porção do Culto Dominical (Noite) - Mensagem do Senhor de 30/04/2017

Louvor: Coral A Voz do Amor e Dc. Dário com Irª. Aparecida - Pregador: Prof. Pb. Rodrigo

Santos / Assembleia de Deus em Bento Ribeiro

 

 

    

                    

Queremos sua opinião - Comentários Facebook  

A Visão de Jesus em Relação à Vida Cristã.

Ele associou seus mandamentos éticos à nossa relação com a sua pessoa. Nem todos os que lhe dizem: "Senhor, Senhor", entrarão no Reino, mas sim aqueles que fazem a vontade de Deus. Ouvir as palavras de Jesus e construir a sua casa sobre elas é como construir a sua casa sobre uma rocha. Não dar atenção às palavras de Jesus é construir sobre areia (Mt 7.21-27).

A vida cristã é vivida de acordo com o amor de Deus pelos pecadores. Não precisamos ser justos para entrar na vida; a entrada para vida nos dá a oportunidade de nos tornarmos justos. Deus sabe que somos seres humanos pecadores, todavia nos ama assim mesmos. Não devemos evitá-lo, mas ir a Ele, sabendo que controla todas as coisas. Deus fez todas as coisas, tem um propósito para todas as coisas, cuida de todas as suas criaturas e trabalha para o bem eterno de tudo que criou. Jamais fez algo para ferir ou humilhar. Os seres humanos podem fazer isso, mas não Deus. O mistério nisto está em que Deus pode inserir bons propósitos nas coisas maldosas e ofensivas que os homens fazem, anulando assim as suas intenções malignas.

Viver como cristão não é seguir uma lista de regras, mas viver de acordo com o princípio do amor. Todos os mandamentos de Deus podem ser resumidos em duas declarações: Devemos amar a Deus de todo o coração e ao nosso próximo (os outros) como a nós mesmos.

Quando amamos a Deus e ao nosso próximo, reconhecemos o valor das pessoas, o nosso valor e o valor de tudo o que Deus criou. Podemos reconhecer que o pecado não é a essência da pessoa, o pecado é o que está corroendo ou destruindo essa essência. Devemos chamar os indivíduos de volta ao que Deus pretendia: serem eles mesmos na graça e favor de Deus. O Senhor nos valoriza como indivíduos, e devemos agir da mesma forma.

É preciso reconhecer também que amar a Deus e ao próximo implica no fato de a salvação possuir uma dimensão social. O governo, os dirigentes, as leis, o bem-estar social, o cuidado dos pobres - tudo está incluído. Jesus chegou a dizer que o modo como tratamos os nossos semelhantes definirá os que são seus ou não e separará as "ovelhas dos bodes". Será que visitamos os doentes, alimentamos os famintos, vestimos os nus, damos de beber aos que têm sede e acolhemos estranhos? (Mt 25.31-46).

O amor a Deus e ao próximo enfatizam a plenitude da salvação. Toda a nossa vida, tanto agora como para sempre, está incluída. Nossos talentos, interesses, desejos, necessidades, sonhos, planos e valores fazem parte dela; nada fica de fora. Quando perdemos a nossa vida por causa de Jesus e o Evangelho, iremos encontrá-la de novo de maneira nova e abrangente.

Os ensinamentos de Jesus são as palavras mais importantes da linguagem humana. Ele disse que ouvi-los e obedecê-los é encontrar a "pérola de grande valor". O testemunho de inúmeras pessoas é que encontraram a Deus, confiando simplesmente no que Jesus ensinou.

(Manual Bíblico do estudante - CPAD)


DEUS ama você. Aceita JESUS CRISTO já e terás a salvação e a vida eterna.
Procure uma Igreja Cristã Evangélica e sinta agora esse amor.